Este blog,só tem a finalidade de divulgar belas imagens,se alguém souber a autoria das mesmas,me avise,pois darei os devidos créditos.
Este blog,não obedece ao novo acordo ortográfico.


Informação...

Minhas queridas amigas/os, como já vos tinha informado, depois de me terem desaparecido todas as minhas postagens do blog, considerei a hipótese de desistir, só não o fiz porque este blog é muito especial para mim, porque foi criado a seguir ao falecimento da minha querida Mãe e para fugir de uma depressão, por isso eu lhe dediquei a 1ª postagem, o que lhe dá um significado diferente para mim.
Tenho andado há uns dias a tentar restaurá-lo aos poucos, o que é muito cansativo e esgotante, mas vou conseguir, por isso até lá vos peço desculpa e agradeço desde já a vossa compreensão e amizade. Muito obrigada.

domingo, 24 de agosto de 2008

MÃE

Ao iniciar o meu blogue, quero prestar uma singela homenagem á melhor MÃE do mundo (a minha), que partiu há um mês, a pessoa mais importante de toda a minha vida. Era uma MULHER boa, generosa, muito doce, embora um pouco reservada, o contrário de mim, que sou bastante emotiva, (riu e choro por tudo e por nada). É uma partida muito recente, que deixou no meu coração uma dor enorme, na minha alma, o vazio e o desespero de ter que aceitar a sua perda, na cabeça um turbilhão de recordações que não consigo ordenar.
Fomos as melhores amigas, onde ia uma ia a outra, morámos sempre no mesmo prédio, embora em casas separadas. Recordo por exemplo, os muitos lanches na minha casa, que ela adorava, sentadas á frente de uma chávena de chá e uma fatia de bolo, que eu fazia e que ela tanto gostava, tagarelávamos horas, ela ria de tudo o que eu dizia e quando ia embora ia feliz e eu feliz ficava. Esta é uma das muitas lembranças que tenho pela frente. Agora só me resta esperar que o tempo acalme esta amálgama de sentimentos que tenho dentro de mim. Mas vou lembrá-la sempre para o resto da minha vida.
Este blogue serve um pouco para eu desabafar e como terapia
MIUÍKA

1 comentário:

Asa Delta0407 disse...

Ja me fizeste chorar, tenho tentado nao pensar na Avo, tu sabes k eu tenho defeito de nao pensar nos problemas ou fingir k eles nao existem, mas cada vez k penso ou vejo a foto dela ou LEIO o k tu escreveste da-me um aperto no coracao, so de pensar k kndo voltar a Portugal, pois porke eu penso UM DIA voltar, nem k seja de Ferias, vou chegar a casa, vou passar porke akela porta e nao vai valer mais a pena bater mais naquela porta k milhares de vezes bati, porke kem eu keria k estivesse la para abrir nao o vai fazer, e k nao vou poder dar akele abraco de saudades k sao tantas, porke ja nao vai estar la nem agora nem nunca mais. A minha dor e nunca ter podido dar aquele ultimo grande abraco de despedida.

V.M.