Este blog,só tem a finalidade de divulgar belas imagens,se alguém souber a autoria das mesmas,me avise,pois darei os devidos créditos.
Este blog,não obedece ao novo acordo ortográfico.


Informação...

Minhas queridas amigas/os, como já vos tinha informado, depois de me terem desaparecido todas as minhas postagens do blog, considerei a hipótese de desistir, só não o fiz porque este blog é muito especial para mim, porque foi criado a seguir ao falecimento da minha querida Mãe e para fugir de uma depressão, por isso eu lhe dediquei a 1ª postagem, o que lhe dá um significado diferente para mim.
Tenho andado há uns dias a tentar restaurá-lo aos poucos, o que é muito cansativo e esgotante, mas vou conseguir, por isso até lá vos peço desculpa e agradeço desde já a vossa compreensão e amizade. Muito obrigada.

domingo, 5 de julho de 2009

Diferente mas igual.





A indiana Jyotti Amge,tem 15 anos,mede 68cm e pesa 5,5kg.
Na 1ªfoto,junto de um bébé de 13 meses.
Nasceu normalmente e só a partir dos 5 anos é que se soube que sofria de achondroplasia,uma forma de nanismo.
Ela diz que é feliz,que é igual ás outras pessoas em tudo e que gosta de ser o alvo das atenções.

9 comentários:

Nanda Assis disse...

engraçadinha né rs, acho que ela cabe dentro da própria mochila.

bjosss...

Adriana disse...

Que graça , graças a Deus não somos iguais , e viva as diferenças.
Querida um grande abraço e uma linda semana.
Bjs.

Bella disse...

Nota-se que é uma menina com uma grande força interior... dai ser tão especial e um exemplo para todos nós.

Boa semana amiga

Bjs

Rosa Luis disse...

Ola amiga obrigado mas fiz como disseste e nao consegui sou daaa desculpa bjokas e boa semana Rosa Luis

Angela disse...

Amiga,
Uma gracinha a menina e que força.

Tenha uma semana abençoada,

Bjs

nina disse...

Todos diferentes, mas todos iguais. Adoro o seu blog é mesmo um mimo,uma ternura fiquei deslumbrada. Também sou do Barreiro e começei este mês o meu blog. agradeço a sua visita. Obrigada e felicidades vou seguir o seu blog, não o vou perder de vista. Nina(https://ninaportaberta.blogspot.com)

Maria Emília disse...

Se ela se sente feliz, isso é que é importante. Nós achamos sempre difícil que uma pessoa tão diferente, pelo menos em tamanho, possa sentir-se feliz. Mas certamente o que lhe falta em temanho possui-o em sabedoria.
Um grande beijinho,
Maria Emília

Marimer disse...

Es realmente una equivocación de la naturaleza, Gracias Dios porque somos normales. Besos.

Adélia Oechsler disse...

Beijosss. Adi